segunda-feira, dezembro 03, 2007

E eu que pensei que este fim-de-semana ia descansar, passei a semana toda a desejar que os 2 dias de merecido repouso chegassem depressa... mas infelizmente não, um familiar meu faleceu, já estávamos à espera, na madrugada de sábado. Por mais que se diga que estamos preparados, nunca o estamos.

É a lei da vida, contra isso não podemos fazer nada. Era muito pior se fosse uma pessoa jovem. Já viveu o que tinha a viver, foi uma pessoa muito prestável, amável, com um grande coração, sempre pronto ajudar... Era meu avô emprestado. Tratava-me como se fosse neta, no Natal dava-me sempre um presentinho e ao meu irmão fazia exactamente o mesmo. Isto porque como ouvíamos os meus primos tratá-lo por avô, nós fazíamos o mesmo... a Páscoa também nos oferecia sempre um ovinho. Tenho belas recordações, e estarão sempre presentes na minha memória.

Por mais que custa admitir, foi melhor assim, já estava a sofrer de mais. E quando se sofre muito, e faz-se sofrer ao vê-lo assim, é melhor assim.



Após tanto sofrimento, agora que descanse em paz.

3 comentários:

Nuno disse...

olá! Lamento o falecimento do teu familiar. Eu sei o que é que sentimos quando morre alguém de quem gostámos. Eu tb me chamava avó á avó dos meus primos e ela tb me dava sempre uma prenda no Natal. Gostava muito dela! Eu tb a tratava por avó. beijos

KeL disse...

Amiga... sinto muito... Beijokinha muito grande para ti e pós primos todos... Não é preciso ser de sangue para nos sentirmos tristes e saudosos...As pessoas que nos são queridas marcam-nos pelas suas acções e por todas as "coisas" que nos conseguiram deixar no coração... Beijokas muito grandes cheias de Amor!!!
ADORO-TE MUITO AMIGA!!!!

ALEXIA disse...

Um beijo aqui diferente, que o Deus o tenha